quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Capítulo 7: “Aquele homem não me sai da cabeça e não, não é do coração!”



Quando me estava a preparar para sair daquela divisão e daquela casa não resisto a olhar para o pobre Garay a dormir profundamente, sorri claro, não era fofinho, nem ressonava ou estava de boca aberta como podem pensar, simplesmente estava deitado de uma forma muito estranha. Eu pensei para mim mesma:
-“Vou ter saudades dele!”-depois suspirei…Depois entendi o que tinha acabado de dizer mas que raio Raquel?! Isto é conversa de pessoas apaixonadas e tu não estás apaixonada por aquele homem, que ridículo Qeu! Mas não resisti a aproximar-me dele e a deixar uma mensagem muito minha para ele: “Cheiras a sexo!”, Escrevi-lhe na testa com o meu batom vermelho e depois sorri, assim ele não podia ficar triste pela maneira como me despedi. Ainda pensei que podia ficar magoado ou triste pelo início e fim da relação mas apenas durou umas horas não havia de ser nada que não ultrapassasse porque para mim já era assunto arrumado mas por incrível que pareça aquele homem mexia-me com a cabeça eu estava a pensar que ele ia ficar magoado e eu nunca fui de preocupar com o fim de uma relação. Ainda pensei em deixar-lhe uma mensagem tipo “carinho” porque foi a primeira palavra querida que ele me disse mas desisti da ideia afinal eu não queria que ele ficasse com a sensação que me podia “reconquistar”.
Sai da casa de banho a andar muito devagarinho e silenciosamente para não acordar ninguém, fui até á piscina para ver a minha prima e o “homem dela”. Estavam a dormir muito profundamente e bem agarradinhos, eu não a acordei e deixei-os estar. Sai daquele local e fui até á rua, não tinha boleia até minha casa e também não conhecia o sítio onde estava, por isso decidi ir a andar até descobrir o local. Acabei por ir parar a uma praia da Costa da Caparica depois de andar há algum tempo, olhei para o relógio e eram 11h, mandei uma mensagem á minha prima a dizer que acordei cedo e vim até á praia e que depois ia para casa, ela não respondeu e eu decidi que não ia esperar por ela, que ia desfrutar daquele dia bonito na praia e depois, sim ir para a minha alegre casinha como diz a música! Ahahaha
 Assim que cheguei á praia, sentei-me na areia e comecei a olhar para a água, encolhi as minhas pernas até junto do meu corpo e pousei as mãos sobre os meus joelhos, encostei a cara aos braços e comecei a pensar, como é óbvio os meus pensamentos eram… Na noite anterior, no fim da minha relação, no Ezequiel e no que sentíamos, para mim ele sentia nem mais nem menos que uma atração, era isso que eu era para ele e agora que dormimos juntos era seguir com a vida para a frente mas ele mexeu com a minha cabeça (e não, não foi com o meu coração!). Um rapaz bastante atraente, com alguns 21 anos e com barba por fazer de há 5 dias (sim os homens com esta barba encanta-me, então com ar misterioso ui!), ele aproximou-se de mim e começamos a falar, ele também tinha saído de uma relação á pouco e também precisava de alguém para desabafar, mas claro que tristeza não é comigo e divertimo-nos muito. Não tive coragem para lhe dizer quem era o meu ex-namorado, apenas lhe disse que ele o conhecia, o João quis saber mais mas eu não deixei, era a minha privacidade e ele não tinha nada a ver com isso!
Oiço o telemóvel, era uma chamada da minha prima a perguntar onde estava, queria estar comigo e depois irmos para nossa casa, eu disse-lhe e ela prometeu que vinha ter comigo, eu não lhe disse para não vir o “meu menino” porque no fundo até o queria ver, queria saber o que provoquei nele. Depois de desligar a chamada sem pensar digo ao João para irmos tomar banho no mar, ele ao início não quis porque eu não tinha biquíni mas eu despi-me e fui em roupa interior e ele seguiu-me. Quando voltamos para junto de onde tínhamos deixado a roupa e ele tinha deixado a toalha que até tínhamos que partilhar, ele beija-me e eu deixo-me levar não era um relacionamento sério, era uma relação de momento, nada sério e eu precisava de tirar o Ezequiel da minha cabeça por uns tempos nem que fosse enquanto beijava outro rapaz. Mas mesmo quando nos beijávamos e ele me tocava na cintura e eu agarrava-o no pescoço me tinha esquecido do Garay, aquele homem invadiu-me a cabeça e não, não foi o coração!
Nos primeiros 6 segundos do beijo, só para ser um pouco previsível (embora não goste disso!) aparece a Rita & companhia. O meu ex-namorado Ezequiel interrompe o meu beijo com o João…

Qual será a reação do Garay ao beijo de Qeu e João?
Como será o reencontro deles? O que reserva o futuro daquele “ex-futuro” casal?

2 comentários:

  1. Omg! E agora? Quero mais. Estou a adorar (:

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo elogio Joana :)
      Vamos tentar publicar em breve!

      Eliminar